“Não volto pra casa” é o novo videoclipe da Amnésia Rock e Blues

0

“No sábado foi o encontro da cerveja artesanal da cidade, com o rock  caçapavano e pessoas solidárias da cidade, ajudando uma pessoa daqui que precisava e resultou em uma energia muito bacana”.

 

 

No último sábado, 11 de novembro, aconteceu o lançamento do novo videoclipe da banda Amnésia Rock e Blues. A música “Não volto pra casa”, foi composta pelo vocalista, Daniel Linhares e contou com o arranjo musical dos demais integrantes da Amnésia. O evento aconteceu no Armazém Artesana, local que foi o cenário de gravação do clipe e reuniu dezenas de pessoas que foram prestigiar a produção autoral da banda.

De acordo com o baterista da Amnésia, Graziano Campos, as cenas foram gravadas no mês de setembro. A produção e roteiro ficou por conta de Eduardo Dias, que já havia produzido o primeiro clipe da banda, “Noite sem fim”. “Primeiro nós gravamos a música, no Estúdio Vintage Man. Depois entramos em contato com o Eduardo, quando apresentamos a ideia do clipe e ele dirigiu o restante do trabalho”.

“Nós escolhemos a Artesana, tanto para o cenário, como para o lançamento porque nos identificamos com o ambiente. A casa é muito acolhedora, a cerveja é muito boa. Nos sentimos em casa”, destaca.

Sobre o clipe, a banda procura manter a ideia de valorizar o produto local, utilizando gravadora, produção, roteiro e até mesmo a cerveja de Caçapava do Sul. “Temos muito profissionais de qualidade aqui na cidade, e para nós é uma honra apresentar esta qualidade aliada ao nosso trabalho”.

Cleyton Machado, um dos atores principais do clipe, comenta que foi a primeira vez que atuou. “Fiquei muito surpreso e contente quando recebi o convite dos amigos para participar do clipe. Não sou deste meio cinematográfico, mas adorei participar e o produto final ficou de muita qualidade”.

Outro diferencial do evento, foi o couvert solidário, em benefício do tratamento de saúde de Jonas Müller, que fez questão de participar e auxiliar no evento de lançamento do clipe. “Faço tratamento para o fígado e também para imunodeficiência. Eu vinha recebendo um pouco de medicação do Estado, porém no último mês não veio”. Além disso, ele conta que no mês de agosto de 2016 teve meningite, quando ficou em coma por alguns dias. “Também faço tratamento para crescimento e os últimos exames que fiz foi comprovado a existência de tumores, ainda não sei se benigno ou maligno, no abdômen e nas axilas. Os médicos informaram que é necessário fazer uma cirurgia, porém eu tomo um medicamento para o coração, então é necessário passar alguns dias internado para poder fazer esta suspensão”, afirma. Ele destaca ainda que não recebe nenhum tipo de auxílio do governo. “Até tentei, mas foi negado, preciso apresentar o resultado das últimas biopsias para poder dar sequência no processo”. Em virtude dos problemas de saúde que enfrenta, Jonas tem algumas convulsões. “Em uma delas, foi preciso me entubar, e para isso meus dentes foram quebrados, pretendo aproveitar a renda para conseguir arrumar isso”.

Müller comenta que sempre que possível acompanha os trabalhos da Amnésia Rock e Blues, auxiliando principalmente nos registros fotográficos. Em um outro evento que a banda tocou, os integrantes comentaram na intenção de auxiliar o amigo. “Fiquei muito feliz quando eles comentaram que tinham a intenção de me ajudar”.

O baterista da Amnésia relata que já haviam visto outros eventos que beneficiavam pessoas. “Aí pensamos que poderíamos ajudar alguém próximo, que realmente precisa e é próximo da banda. Conversamos entre o grupo e a decisão de ajudar o Jonas foi unânime”.

“É uma divulgação muito boa, para ambos as partes. Uma banda caçapavana, bebendo a cerveja de Caçapava. O ambiente identificou a banda e a banda se identificou com o ambiente”, afirmou o bartender do Armazém Artesana, que também atuou no clipe, Leandro Paim.

A Primataria é o patrocinador oficial das bandas Amnésia Rock e Blues e Irvine. “Como pessoa que gosta do está fazendo, posso garantir que tem muito amor envolvido. Vemos de perto os guris batalhando para isso e poder fazer parte disso é muito gratificante. É gente empenhada, fazendo o que gosta. Poder ajudar para que o rock na cidade se fortaleça, não tem preço. Não vejo como um patrocínio, e sim como uma colaboração para que eles não parem, para que eles possam seguir em frente. Me sinto realizado em poder fazer parte disso, e a ideia é exatamente essa: fazer a diferença na vida das pessoas e a parte financeira é consequência”, disse Matheus Teixeira.

Cassius Poglia, proprietário da Cervejaria e Armazém Artesana comentou sobre a compatibilidade que o ambiente tem com rock n’roll. “Os integrantes da banda se identificaram com a casa, e os frequentadores se identificam com o rock e a cerveja artesanal. O clipe ficou muito bom, foi um presente que me deram. A Cervejaria tem dado espaço para o movimento do rock se fortalecer e a Artesana não medirá esforços para que cada vez mais tome força. Nos sábado foi o encontro da cerveja artesanal da cidade, com o rock caçapavano e pessoas solidárias da cidade, ajudando uma pessoa daqui que precisava e resultou em uma energia muito bacana”, comentou.

 

Confira o videoclipe:

 

Por Carol Petrin

Deixe seu comentario

Comentários desativados.